Aulas > 12º ano > Probabilidades (conteúdos do antigo programa) > Aula nº 3

Distribução Binomial de probabilidade. Interpretação do conceito e fórmulas.

video

Vê o(s) vídeo(s) que contém a explicação da matéria e depois tenta resolver exercícios sobre este tema. Bom estudo!

Aula Nº: 3 / Total: 3
ant. voltar

Introdução

Consideremos uma situação em que:
a) vamos fazer um número `n` de observações a que é usual chamar provas;
b) as provas são independentes umas das outras;
c) em cada prova realiza-se, ou não o acontecimento que vamos estudar e chamamos sucesso ao facto do acontecimento se realizar;
d) a probabilidade de se realizar o acontecimento em estudo é a mesma em todas as provas e vai ser representada por `p`.

Numa situação com estas características, à variável `X` que representa o número de vezes que o acontecimento se realiza, ou seja, o número de sucessos nas `n` provas chama-se variável aleatória com distribuição binomial de parâmetros `n` e `p`.




Utiliza este espaço para comentários ou dúvidas

Neste local poderás colocar os teus comentários e as tuas dúvidas. Todas as mensagens que não estiverem diretamente relacionadas com este tema, ou que eventualmente contenham linguagem considerada imprópria serão removidas.

Foram feitos 2 comentários/dúvidas.
02 de Março de 2017, 22h12

Mensagem de Luiza Chiste

Boa tarde, primeiramente gostaria de agradecer muito a qualidade das aulas! Sou brasileira, vou fazer o 12° exame nacional graças a explicação maravilhosa estou entendendo as matérias! Queria apenas tirar uma dúvida : Sei que a intenção era fixar a Lei Binomial mas queria saber se posso fazer o exercício 6 (Uma moeda é lançada 8 vezes, qual a probabilidade de saírem, no máximo 3 caras? ) pela fórmula do Pelo Menos ( tudo - não sair)? Se sim, poderia me dizer como ficaria? Abraço!

03 de Março de 2017, 17h16

Mensagem de Vitor Nunes

Olá Luiza,
Parto do principio, que a sua pergunta se refere ao cálculo do Acontecimento Contrário. Assim sendo, o contrario de sair no máximo 3 caras seria sair pelo menos 4, ou seja, 4 ou mais caras. Mas isso iria dificultar a contagem, uma vez que seria necessário calcular a probabilidade de saírem 4, 5, 6, 7 ou 8 caras. Logo, não adianta seguir esse caminho, porque é muito mais trabalhoso. Se os cálculos fossem feitos na máquina de calcular em vez de manualmente, então tudo se torna mais simples, porque podemos utilizar a função binomcdf, que nos dá logo os valores da Distribuição Binomial Cumulativa! Espero que o esclarecimento tenha ajudado e boa sorte para o exame nacional.

Enviar Comentário/Dúvida




escrever carta

Todos os vídeos aqui presentes têm por objetivo fornecer ao aluno explicações de matemática online na forma mais intuitiva possível. Todos eles estão disponíveis para consulta através dos canais do YouTube: matematica.PT, ExplicaMat, Academia Aberta, Matemática Simples e Matemática no Mocho. Caso encontres algum erro, (por exemplo um vídeo que não funcione ou que não corresponda à explicação do exercício proposto) ou caso queiras dar alguma sugestão de melhoramento, não hesites em nos enviar um email através da página Contactar. Tentaremos dar resposta tão brevemente quanto possível.